Posts com Tag ‘Célula’

Biosfera – A Biosfera ( do grego Bios, vida ; Sphoêra, esfera ) é uma película finissima – comparado ao diametro da terra que é de 13 000 Km – em que a vida se desenvolve. De forma simples, podemos entender a biosfera como a porção da terra biologicamente habitada.

Biodiversidade – A Biodiversidade é um termo usado para descrever o variado contingente de espécies de seres vivos que existem na terra. O Brasil, por exemplo, é um dos países mais bem dotados do mundo em regiões biodiversas, isto é, regiões que oferecem condições ambientais para o desenvolvimento de um grande número de espécies de seres vivos. Como é o caso da Floresta Amazônica que, assim como as demais florestas tropicais, contém uma elevada diversidade de espécies.

Níveis de Organização dos Seres Vivos

Célula, Tecido, Orgão, Sistema e Organismo – As células são as unidades morfológicas e fisiológicas dos seres vivos. Existem organismos, como as bactérias e os protozoários, que são formados por uma única célula. São, por isso,  chamados de seres unicelulares. Outras, como uma árvore ou um ser humano, apresentam uma infinidade de células e são chamados de seres pluricelulares.

Em um organismo pluricelular,  complexo e bastante organizado como o ser humano, é relativamente fácil perceber diferentes agrupamentos celulares, cada qual desempenha uma função diferente no organismo. Cada um desses agrupamentos constitui um tecido. O tecido epitelial de revestimento, por exemplo, recobre as superficies do organismo, como ocorre na pele ou no estômago, cuja cavidade interna ele reveste.

Por sua vez, vários tecidos agrupados em interação formam um orgão. Assim, um orgão pode ser entendido como uma estrutura que desenpenha uma determinada função no organismo e que resulta do agrupamento de tecidos diferentes que interagem entre si. O estômago, por exemplo, além do eptélio de revestimento, é um orgão constituido de outros tipos de tecido, como o tecido muscular, cuja capacidade contrátil determina o fluxo de alimentos ingeridos para o intestino.

Vários orgãos podem interagir e desempenhar uma determinada função no organismo. Essa interação entre os orgãos formam um sistema. Na espécie humana, o sistema digestório, por exemplo, é basicamente formado pelos seguintes orgãos: Boca, faringe, esôfago, estômago, intestino delgado e intestino grosso, além das glândulas anexas, como as salivares, o fígado e o pâncreas. Todos esses orgãos estão associados ao mecanismo de aproveitamento dos alimentos ingeridos. O conjunto de todos os sistemas ( digestório, cardiovascular, urinário, respiratório, etc. ) constitui o organismo.

População, Comunidade, Ecossistema e Biosfera – As onças que vivem na Mata Atlântica, por exemplo, constituem um nível de organização chamado população. Assim, uma população é formada pelo conjunto de organismos da mesma espécie, que vivem em uma determinada região, na mesma unidade de tempo. Mas, em uma floresta como a Mata Atlântica, vivem também inúmeras espécies de seres vivos. Considerando o conjunto de todas as populações que vivem em uma determinada região, temos uma comunidade biológica ou uma biocenose.

Nas  florestas tropicais, como em outras comunidades biológicas, é evidente a presença de um elevado número de populações. Mas, tanto na floresta quanto em qualquer outro ambiente em que exista vida, as comunidades dependem de fatores abióticos ou não vivos e interagem com eles. Esses fatores compreendem os componentes físicos e químicos do ambiente, como a temperatura, a umidade do ar e do solo, o gru de luminosidade e a disponibilidade de gás oxigênio, entre outras. Quando se consideram as interações estabelecidas pelos componentes do mundo vivo – entre si e com os diversos fatores abióticos – , tem-se um nível de organização denominado ecossistema.

O conceito de ecossistema pode abranger uma grande floresta, uma simples poça de água ou até um tronco de árvore caído, desde que abriguem diferentes espécies de seres vivos interagindo entre si e com componetes abióticos do ambiente.

Florestas, campos, desertos e lagos são exemplos ecossistema dependente, uma vez que a maior parte da energia biológica representandos pelos alimentos que garantem a manutenção de vida nesse ambiente, normalmente provém de outras áreas ( zonas rurais ). Nosso planeta possui diversos ecossistemas: florestas, campos, rios, lagos, mares, etc. O conjunto de todos os ecosstistemas da terra é chamado biosfera.

Resumindo, em ordem crescente de complexidade, podemos considerar os seguintes níveis de organização dos seres vivos: Célula, tecido, orgão, sistema, organismo, população, comunidade, ecossistema e biosfera.

O que é Equilíbrio Ecológico? – Equilíbrio Ecológico é a situação de estabilidade de seres vivos entre si e como ambientes que estão instalados.

A interferência direta ou indireta em quaisquer desses níveis pode acarretar consequências desastrosas ao equilíbrio ecológico existente entre os seres vivos e o meio ambiente. O exterminio de cobras de uma determinada região, por exemplo, pode favorecer o desemvolvimento de uma superpopulação de ratos e outros roedores, que normalmante servem de alimentos para às cobras. A superpopulação de roedores, por sua vez, pode determinar uma drastica redução na população de gramíneas e de outros vegetais da região. Esse fato, além de atingir as populações de herbívoros que se nutrem dessas plantas, podem deixar o solo desprotegido, o qual, sem a cobertura de vegetais, fica sujeito à erosão pela ação do vento e da água das chuvas. Com isso, o solo tende a ficar estéril, o que dificulta – ou mesmo impossibilita – a recuperação vegetal na área. As consequências de tal processo são desastrosas, especialmente para as populações animais, que, em última análise, têm nas plantas a sua fonte nutritiva.

Anúncios